Hipnose dá certo? 

A hipnose é hoje reconhecida como importante ferramenta não apenas para melhorar a concentração, para auto performance, como para tratar dores e vencer medos. A cada dia ela vai expandindo as formas de utilização.

Na oncologia por exemplo, a hipnose é uma ótima maneira de aliviar sofrimentos, como dores, mau estar corporal entre outros....

 “O estado hipnótico é uma condição mental em que o cérebro apresenta alta atividade psíquica. É uma arma terapêutica poderosa, porque a pessoa pode se desligar da realidade e até ver imagens que não existem”, afirma o hipnoterapeuta Odair José Comin, de São Paulo.

 

Nas sessões hipnóticas, o objetivo é fazer o paciente relaxar, seja pelo método clássico de fixar a atenção em um objeto ou por meio das palavras do hipnotizador. Quando a pessoa está totalmente relaxada, começa o transe hipnótico, que desencadeia importantes reações cerebrais.

Aos poucos vamos deletando e apagando o rótulo de hipnóse de palco, aquela utilizada para diversão e arte. 

“Ocorre um aumento na produção de neurotransmissores como a serotonina, que libera estímulos de bem-estar, combatendo a depressão, e a noradrenalina, que ajuda na cura de doenças ao fortalecer o sistema imunológico”, diz a psicóloga Kátia Maria Takeuti, de São Paulo.

 

De acordo com a Superinteressante: Nos transes mais profundos, é possível fazer uma dor muito forte desaparecer temporariamente. Em 1998, essa técnica foi investigada por um grupo de prestigiados psiquiatras e neurologistas americanos. Com o uso de exames de tomografia computadorizada, eles comprovaram que o cérebro humano pode mesmo ser enganado pelos comandos de um hipnotizador. Ao longo do século 20, porém, a hipnose foi vista com ceticismo e até com certo descrédito, principalmente por causa da ação de charlatães, que se apresentavam em praça pública, transformando a possível terapia em espetáculos de mágica. Hoje, esse tipo de show é proibido em muitos países.

PUBLICIDADE

 

“Ninguém é hipnotizado contra a vontade, mas o mau uso da técnica pode ser perigoso. Por isso, antes do tratamento, é importante saber se o profissional tem especialização na área”, afirma Odair.

Terapia milenar A técnica já era usada no Egito antigo para aliviar a dor1550 a.C. – ORIGEM EGÍPCIA

 

Então que tal deixar o medo e encarar a curiosidade e marcar uma sessão? 

61 33450167 

uroginbsb@gmail.com

Segunda - Sexta

08:00 - 11:00

Sábado- apenas SEXOLOGIA E COACHING

08:00 - 12:00

  • facebook-square
  • rss-square
  • google-plus-square